Depoimentos

Nova Plataforma de Cobrança

“A JD Consultores é parceira de longa data do BNP e quando surgiu o projeto NOVA PLATAFORMA DE COBRANÇA expressamos a necessidade de uma solução facilmente integrável com nossos sistemas legados, minimizando custos e esforço de desenvolvimento interno. Com a solução JD NPC, a JD atendeu muito bem esta demanda e seu prazo de implementação, reforçando nossa confiança em seus produtos.”Samanta Evangelista, Coordenadora de IT - BNP Paribas
“Nossa maior preocupação no projeto NOVA PLATAFORMA DE COBRANÇA é atender o alto volume de boletos emitidos e recebidos pelo SICREDI. A JD Consultores é uma grande parceira neste desafio, apresentando uma solução robusta e adaptável às nossas necessidades. Além disso, conta com uma equipe de suporte eficiente e ágil.”
Rodnei Machado, Gerente de Sistemas Core Banking - Banco SICREDI

Conta de Liquidação e COMPE Própria

“A CREDITRAN decidiu desenvolver o projeto Conta de Liquidação e COMPE Própria para viabilizar convênios diretos, sem interferir nos mantidos pelo Sicoob, atendendo principalmente o foco profissional de seus cooperados, despachantes de trânsito e Centros de Formação de Condutores.
Levamos no total 6 meses do início do projeto até entrar em operação. Como principal Benefício, podemos apontar a agilidade e presteza nos convênios, proporcionando maiores ganhos e resultados para os cooperados.”José Fernandes Neto (Zeka), Presidente da CREDITRAN




“A Uniprime Central decidiu desenvolver o projeto Conta de Liquidação e COMPE Própria para ter mais independência estratégica e acesso direto ao Sistema Financeiro. Do projeto à entrada em operação levamos 6 meses e recuperamos o investimento em 1 ano.
Os resultados após a implantação foram altamente positivos pois passamos a ter lucro nas tarifações da COMPE, oferecendo diretamente os serviços de Cobrança, TED, DOC, Boletos e Cheques aos nossos Cooperados a um custo bem menor que o praticado pelo Sistema Financeiro, pelo fato de não termos intermediários no processo. Vale ressaltar também a melhoria na rentabilidade da Tesouraria com a compra direta de títulos públicos.”Júlio Cesar Pires Furtuoso, Superintendente da Uniprime Central
“A Uniprime Norte do Paraná sempre procurou eliminar dependências estratégicas a fim de crescer de forma segura e sem sobressaltos. A Conta de Liquidação e a COMPE Própria fazem parte deste processo, uma vez que deram acesso ao Sistema de Pagamentos Brasileiros, com a oportunidade de realizar o seu próprio serviço de compensação de cheques e outros papéis de forma independente.
A instituição foi a primeira Cooperativa de Crédito a ter sua Conta de Liquidação aprovada pelo Banco Central do Brasil, sendo que o processo levou 6 meses da data da aprovação ao início das atividades em novembro de 2009. O investimento foi recuperado em 4 meses pelo aumento de receitas.
A cooperativa realmente conseguiu eliminar dependências estratégicas e teve oportunidade de alavancar os seus negócios, criando novos produtos e serviços que no sistema anterior não eram possíveis. A inserção da instituição no mercado com número próprio de compensação e os novos produtos e serviços criados tornaram-na mais conhecida do público e lhe conferiram mais credibilidade, fatos que deram a oportunidade da ampliação de sua área de atuação, de sua rede de agências, do número de associados e, em consequência, dos seus negócios e resultados.”Antonio Hernandes, Gerente Geral da Uniprime – PR


“A CrediSis decidiu desenvolver o projeto Conta de Liquidação e COMPE própria como parte de um processo estratégico de evolução operacional. O crescimento do Sistema CrediSis impôs a adoção de procedimentos que o tornassem independentes da existência de banco parceiro para liquidar suas operações. Do projeto até entrar em operação, levamos aproximadamente 6 meses.
Os principais resultados e benefícios obtidos foram significativa redução de custos, maior agilidade nos processos e contribuição para o aumento da rentabilidade nas aplicações financeiras. Como vantagem competitiva alcançadas, podemos citar a agilidade na prestação dos serviços de compensação, de transferência eletrônica de recursos, a redução de custos, uma maior flexibilidade no horário de atendimento das Singulares e a criação de novos produtos e serviços postos à disposição dos nossos Cooperados.”
Gilberto Borgio, Presidente do sistema CrediSis